cartilha-idosoDurante solenidade, dezenas de pessoas se emocionam ao ver vereadora dançando.

Aumenta cada vez mais a população idosa no Brasil. Segundo dados do Ministério da Saúde, o número de pessoas com idade superior a 60 anos deve ultrapassar o total de crianças entre zero e 14 anos até o ano de 2030. É bem verdade que o país enfrenta um colapso mediado por uma crise financeira que afeta as políticas públicas para a saúde. E o desafio maior para todos ao envelhecer, é justamente como manter uma boa saúde física e mental, além momentos de lazer. Foi pensando nisso que a vereadora Luciana Novaes promoveu o lançamento da cartilha dos idosos no Salão Nobre da Câmara dos Vereadores do Rio.

“Eu considero muito importante o papel que os idosos têm em nossa sociedade. A sabedoria que eles possuem é fundamental para que tenhamos dias melhores. E não podemos deixar que eles sejam esquecidos. Por isso, precisamos sempre lutar para levar até eles mais saúde e momentos de lazer!” afirmou Luciana Novaes.

A cartilha conta com as leis nacionais, estaduais e municipais que aborda todos os direitos dos idosos, além dar dicas de saúde e bem-estar para se manter ativo na terceira idade. Animados, alguns dos participantes resolveram dançar, mostrando que é possível envelhecer bem. Segundo a geriatra Roberta França, o maior desafio da idade é manter o corpo e a mente em perfeito estado: “É claro que se manter ativo nesta idade não é fácil, mas a gente tem que incentivar, porque a vida não acaba depois dos 60. É aí que a vida começa, é aí que a gente tem que buscar o direito de envelhecer bem.”, declarou.