Vereadora fiscaliza ônibus do Rio e encontra irregularidades

 Problemas aconteceram principalmente com pessoas com deficiência que precisaram se arrastar para embarcar nas composições.
Vereadora fiscaliza ônibus do Rio e encontra irregularidades

Fotos: Divulgação

Por Elder Fernando

Após receber inúmeras reclamações e denúncias, a vereadora Luciana Novaes, presidente da Comissão dos Direitos da Pessoa com Deficiência da Câmara dos Vereadores do Rio, realizou mais uma fiscalização nos ônibus que circulam pelo Município do Rio. Esta é mais uma ação do conjunto de fiscalizações no transporte público que a vereadora vem realizando desde 2017. O ponto escolhido foi na Av. Presidente Vargas, no Centro, principal via de circulação de veículos com destino as Zonas Norte e Oeste da Cidade. Entre as principais constatações estão pneus carecas, falta de conservação, dedetização, problemas na plataforma para pessoas com deficiência e não treinamento do motorista para operar essas plataformas.

Luciana Novaes ficou indignada ao ver a situação e disse que tomará medidas cabíveis contra o descaso encontrado.

– É lamentável. Vi dia desses o Prefeito desta cidade vir a público justificar que o aumento da passagem que ele concedeu ao consórcio Rio Ônibus havia sido porque as empresas tinham cumprido as regras. Mas, o que vemos é uma passagem muito cara e o serviço precário. Não dá pra ser assim! – afirmou.

Durante o processo de subida no elevador destinado para embarque de pessoas com deficiência, o cadeirante Pedro, esperou por 7 minutos até conseguir subir. Em um determinado momento, precisou ser amparado por pessoas, pois a falta de experiência do motorista e problemas na plataforma quase o fizeram cair. Ele então precisou subir as escadas da composição se arrastando e desabafou ao dizer que passa por este problema diariamente nos ônibus do Rio.

– É assim que eu faço na vida real. Não tem cinto, não tem nada! O elevador não funciona. É assim que eu subo no ônibus no dia a dia. É um sofrimento total. Não posso dizer outra coisa a não ser que é vergonhoso! – desabafou.

Diante dos graves problemas encontrados, a vereadora Luciana Novaes prometeu desenvolver um relatório que será entregue aos órgãos competentes para que medidas sejam tomadas.