Rock in Rio garante a acessibilidade para todos e todas

Vereadora Luciana Novaes foi fiscalizar a Cidade do Rock para verificar se o local cumpre acessibilidade para pessoas com deficiência.

Foto: Douglas Mateus

Por Elder Fernando

Perto de começar um dos maiores festivais da música, a vereadora Luciana Novaes foi fiscalizar o Rock In Rio para saber se o evento está cumprindo a acessibilidade para pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida. Logo na entrada, deficientes com veículos identificados com cartão terão exclusividade para estacionar, quem optar pelo transporte público terá uma entrada também com rampas adaptadas. Haverá à disposição, cerca de 40 guidons com motor, que poderá ser acoplado à cadeira de rodas, formando um triciclo para dar maior comodidade, e sete carrinhos de golfe totalmente adaptados para transitar da entrada até o guichê de atendimento.  Por toda a parte foi possível observar rampas para pessoas com deficiência, inclusive nos banheiros, que ainda possuem alarme de emergência e barras de sustentação. Para maior visibilidade dos palcos, uma plataforma foi instalada, permitindo ao cadeirante ficar um nível acima do público para ver o festival com mais clareza.

A vereadora Luciana Novaes comemorou os cuidados com acessibilidade na Cidade do Rock e pediu que seja exemplo para outros eventos e locais da Cidade.

— O que estou vendo aqui é algo que deveria estar em cada local do Rio, em cada evento que for feito. Se essa preocupação do Rock In Rio fosse a preocupação de todas as pessoas, nós certamente teríamos uma Cidade mais inclusiva e igualitária a todos. — afirmou a vereadora.

Uma novidade para 2019 no Rock in Rio, é o aplicativo ‘Veever’ que qualquer pessoa pode baixar através de um celular e ter uma completa acessibilidade para quem tem deficiência visual. Ao chegar no local, o programa pode ser acessado pelo Bluetooth do celular que acessa os diversos sensores espalhados pelo local e orienta onde o deficiente visual está acessando. O coordenador de acessibilidade da Cidade do Rock, Thiago Amaral disse que a proposta é sempre inovar e ter a acessibilidade 100%.

— A gente já é hoje um evento referência em acessibilidade no Brasil e no mundo. A gente aumentou o projeto para esse ano, com o aumento no número de banheiros, melhoramos o acesso por toda a Cidade do Rock com carrinhos de golfe para levar as pessoas com deficiência até a central de atendimento. Estamos fazendo uma interação por toda a parte para receber todas as pessoas com qualquer tipo de deficiência —explicou Thiago Amaral.

O Rock In Rio começa nesta sexta-feira (27/09) e vai até 06/10 no Parque Olímpico. A Prefeitura do Rio aumentará o efetivo de guardas municipais para orientar os motoristas, já que haverá bloqueios próximo ao local.